Centro Cristão da Família

 

O Objetivo de um Negócio

Muitos cristãos dizem que eles têm um negócio cristão, mas, o que isto significa? Um negócio cristão é aquele que é controlado por um cristão. Quanto mais controle este cristão tem, mais o negócio pode refletir seus valores espirituais.

Estabelecendo Prioridades Para o Negócio Cristão

Falando claramente, um negócio cristão pode ser usado pelo Senhor, mas apenas se as prioridades corretas forem preestabelecidas. A chave para ser usado pelo Senhor é fazer as decisões baseadas na Palavra de Deus e não em circunstâncias, sentimentos, ou naquilo que é aceitável pela sociedade.

Uma das prioridades de um negócio deveria ser a de levar outras pessoas ao Senhor. Mas se todas as outras funções são ignoradas na busca do evangelismo, o negócio terá vida curta. Conseqüentemente, as prioridades de um negócio devem responder à seguinte questão: Quais são minhas metas, e, podem minhas metas serem balanceados para atingir os objetivos globais de servir a Deus e atender às necessidades materiais ao mesmo tempo?

Meta 1: Salvação

Quando o primeiro objetivo de uma pessoa de negócios é alcançar outras pessoas dentro de sua esfera de influência para ouvir as promessas de Jesus Cristo, uma nova perspectiva global toma lugar.Deus prepara os corações através do Espírito Santo e então proporciona a oportunidade de compartilhar de uma forma significativa.

Meta 2: Uso dos Recursos

Provérbios 3:9 diz: ” Honre o Senhor com todos os seus recursos e com os primeiros frutos de todas as suas plantações “. É a promessa de Deus que honrando Ele externamente (materialmente) perante o mundo, Ele retornará esta honra para nós. Os primeiros frutos de qualquer negócio devem ser rendidos em nome do Senhor.

O segundo uso dos recursos de um negócio deve ser pagar os empregados com justiça. Para as pessoas, autoridade e posição significam poder e riqueza. Para Deus eles significam responsabilidade. Uma pessoa de negócios cristã que procura servir a Deus terá que aceitar que as recompensas econômicas de fazer negócios também pertencerão àqueles empregados fiéis que ajudaram a construir o negócio.

O terceiro uso dos recursos deve ser o de pagar os fornecedores e credores em dia. Não há testemunho mais pobre do que um negócio que está constantemente falhando em suas contas. É responsabilidade de cada cristão fazer um orçamento sábio e viver dos fundos excedentes e não das contas a pagar. ” Quando lhe for possível, não deixe de fazer o bem a quem dele precisa. Não diga ao seu próximo: “Volte amanhã, e eu lhe darei algo”, se pode ajudá-lo hoje ” (Provérbios 3: 27-28)

Meta 3: Discipulado

Uma vez que as metas de testemunhar e de uso baccarat apropriado dos recursos tenham sido estabelecidas, a próxima meta é discipular aqueles que foram ganhos para o Senhor. Os mesmos princípios que se tornaram parte da sua vida também devem ser ensinados a eles. ” E as palavras que me ouviu dizer na presença de muitas testemunhas, confie-as a homens fiéis que sejam também capazes de ensinar outros ” (2 Timóteo 2:2)

Desta maneira, é vital estabelecer um programa saudável de discipulado. Isto pode ser alcançado através de materiais escritos, fitas cassete ou vídeos, mas a parte essencial é um acompanhamento pessoal e prestação de contas.

Isto lhe soa difícil e consumidor de tempo? Não tenha dúvida, e é por esta razão que muitos não estão nos caminhos de Deus. O primeiro passo é iniciar com um ou dois que realmente estão buscando o melhor de Deus. Tão logo estejam treinados, eles podem treinar outros.

Conclusão

Creio que agora sua imagem de um “bem sucedido” cristão de negócios, proprietário ou não, mudou de alguma forma. Embora seja verdade que o lucro é um elemento essencial de um negócio cristão, ele não é o elemento mais importante. O objetivo de qualquer cristão, seja nos negócios ou em qualquer outra atividade é glorificar a Deus. ” Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens .” (Colossenses 3:23).

Imprimir este Artigo

Categoria: Estudos

Publicado em 10 de agosto de 2009

Visualizado por 854 leitores

1 Comentário para “O Objetivo de um Negócio”

  1. Fiquei muito imprecionado com o texto. Gostaria de encontrar mais textos para me ajudar a fortificar a minha fé e ajudar os outros na palavra de Deus. Deus vos ilumine. amem

Envie seu Comentário

© 2017 - Centro Cristão da Família - Todos os direitos reservados

 

Desenvolvido por Evangelize com WP-2.7

Painel | Webmail